Ciente Contábil | Escritório de Contabilidade, Assessoria Trabalhista, Fiscal, Financeira, Legal e Societária e Imposto de Renda

LOADING
PREV
NEXT
http://www.cientecontabil.com.br/components/com_gk3_photoslide/thumbs_big/640863879517man.png
http://www.cientecontabil.com.br/components/com_gk3_photoslide/thumbs_big/342417458959business1.jpg
http://www.cientecontabil.com.br/components/com_gk3_photoslide/thumbs_big/318576725093formation.jpg
http://www.cientecontabil.com.br/components/com_gk3_photoslide/thumbs_big/824881contratos.jpg
http://www.cientecontabil.com.br/components/com_gk3_photoslide/thumbs_big/259345681825support4.jpg
http://www.cientecontabil.com.br/components/com_gk3_photoslide/thumbs_big/420366466759engineers.jpg

Porque escolher NOSSA EMPRESA

  • Departamento Pessoal
  • Fiscal
  • Financeira
  • Imposto de Renda

Ciente Contábil

Os melhores parceiros para seu negócio são aqueles que sabem os caminhos a seguir, para atingir os mais altos níveis de sucesso.

Leia mais...

Departamento Pessoal

Nosso setor trabalhista conta com uma equipe treinada para solucionar todas as questões pertinentes ao Departamento Pessoal, com competência e agilidade.

Leia mais...

Fiscal

Nosso departamento fiscal cuida com atenção de sua empresa. Fazemos uma avaliação criteriosa das condições de seu negócio adequando-o à diversas normas contábeis existentes no País.

Leia mais...

Legal e Societária

Nosso departamento legal busca a sempre agilidade na ABERTURA de SUA EMPRESA; trabalhamos também para a adequação e solução de seus problemas.

Leia mais...

Financeira

Nossa equipe de especialistas vai encontrar a solução certa para o desenvolvimentodo de sua empresa, sendo o parceiro ideal para os maiores desafios.

Leia mais...

Imposto de Renda

Análise da situação tributária da empresa e elaboração e entrega da Declaração de Imposto de Renda da Pessoa Jurídica, com atenção à correta tributação e porte de cada empresa.

Leia mais...

Arbitragem

Segunda, 16 Dez 2019

E-mail Imprimir PDF

Novo ponto eletrônico começa a valer a partir de amanhã, 01/09/2011.

 

 

Mesmo após muita resistência por parte das empresas, e após 3 adiamentos, o novo ponto eletrônico passa a vigorar a partir de amanhã, 01/09/2011, gerando, ainda, muita desconfiança por parte dos empresários e empregados.

 

Todas as empresas com mais de 10 funcionários e que já possuam registro de ponto eletrônico deverão se adaptar, podendo sofrer sanções fiscais.

 

Espera-se uma grande demanda judicial na busca por liminares que impeçam a exigência do novo registro de ponto uma vez que o empresariado vê tal medida como um grande retrocesso.

 

A idéia de governo é que haja uma diminuição nas demandas trabalhistas, pois, entende-se que 90% delas dizem respeito às divergências no pagamento de horas-extras. Com a nova regra o governo pretende garantir ao trabalhador que ele não será mais lesado uma vez que, ao registrar seu horário de entrada e saída na empresa, o novo registro libera um canhoto como comprovante do horário registrado. Busca-se, assim, evitar fraudes no cálculo das horas-extras.

 

As reclamações das empresas, no entanto, vão desde ao tempo estimado para registro de cada funcionário, o que, em empresas grandes, pode criar imensas filas, até o custo benefício do equipamento. Em média a implantação do registro pode custar R$ 6.000,00, sem contar os custos com papel. Outro ponto a ser analisado é o retrocesso em relação às políticas de meio ambiente já que ao invés de se reduzir o consumo de papel o governo cria medidas que o fazem aumentar.

 

Muitos trabalhadores, também, não vêm com bons olhos a regra, já que, considerando-se que cada trabalhador registre seu horário quatro vezes ao dia, ao final do mês terá em média 88 canhotos e ao final de 5 anos, que é o prazo para que se busque algum direito trabalhista, o empregado terá que ter guardados mais de 5.000 canhotos.

 

Os empresários ainda esperam que o ministro do trabalho adie, mais uma vez, a entrada em vigor da medida, mas até o presente momento nada foi concretizado e, ao que tudo indica, desta vez o prazo será cumprido.

 

Após a entrada em vigor da exigência do novo registro, as empresas que por ventura sofrerem algum tipo de fiscalização trabalhista não serão, num primeiro momento, penalizadas. O fiscal deverá apenas notificar a empresa e dar um prazo de 90 dias para adequação.

 

Se por um lado a medida desagrada a grande maioria dos empresários, por outro se espera que realmente haja uma redução no volume de demandas trabalhistas e maior clareza nas relações de trabalho. Se trará o resultado esperado, somente o tempo poderá dizer.

 

Mais Informações... Clique Aqui

 

REDES SOCIAIS

 

FacebookTwitter

Ciente Contábil nas Redes Sociais

 

NOVO ENDEREÇO

Ciente Contábil - Escritório de Contabilidade
RUA CAETANO DE CAMPOS, 79

TATUAPÉ / SP - VEJA NO MAPA

Horario de Atendimento:

9:00h as 12:00h / 13:00h as 18:00h

(11) 2294-2350

(11) 2941-9011


info@cientecontabil.com.br